Bares · Buenos Aires · Dicas · Passeio · Restaurantes · Viagem

5 razões pra você se hospedar na Recoleta – Buenos Aires

Eu já escrevi aqui que uma das coisas mais importantes de uma viagem é escolher a região que você vai ficar. É conciliar as suas expectativas com o que o lugar pode te oferecer.

DSC01344

Em Buenos Aires há três regiões principais para hospedagem:

  • Palermo que é dividido em Hollywood, Soho e Chico, confesso que não conheço bem essa região, fomos uma vez e achei tudo moderno, bonito, o que não me atrai é por ficar longe do centro e dos pontos turísticos;
  • Puerto Madero que é uma parte apaixonante de BA, toda projetada pra você andar tranquilamente, fica pertinho do centro e o ponto negativo é que os hotéis nessa região são bem caros, mas dá para achar apartamento com preços justos no Airbnb;
  • Centro se sua viagem é curta, acho que a melhor opção é estar na parte central da cidade, dá pra usar transporte, dá pra chegar em diversos lugares a pé a única parte ruim é que durante a noite, como qualquer centro de uma cidade grande, as ruas ficam ermas e apesar de não acharmos perigoso, dá uma sensação de insegurança;

Recoleta ❤ ❤ ❤

Como eu já disse no título, vou te dar cinco razões para você se hospedar nessa região:

DSC01910

  1. Tranquilidade – Na primeira vez que estivemos na cidade, chegamos bem tarde, pegamos a chave do apartamento e resolvemos sair, isso quase duas da manhã. Levamos somente a chave e o cartão, de tanto medo que estávamos, ao sair encontramos diversas pessoas caminhando com cachorros, grupos de amigos conversando, restaurantes cheios. Fomos no pub Anglos Beer, que é pequeno ótimos petiscos e boas cervejas e fica aberto até às 3 da manhã. Ao voltamos para casa a rua continuava movimentada e isso aconteceu todas as noites que estivemos por lá.DSC01903
  2. Localização – Apesar de estar em uma região mais tranquila, a Recoleta fica bem perto do centro, coisa de 10 minutos andando, Palermo também é bem acessível e com disposição dá pra chegar até em San Telmo.
  3. Arquitetura – Ou a beleza dos prédios, muito gente acha Buenos Aires bem parecida com São Paulo, eu até concordo se a nossa cidade fosse tão bem cuidada quanto a dos hermanos. A arquitetura dos prédios é bem próxima do nosso centro velho, mas tudo bem conservado, é bem comum você está andando e parar para admirar.DSC01909
  4. Pontos Turísticos – Se você torce o nariz ao pensar em passear no cemitério da Recoleta, eu te entendo! Na primeira vez nem cogitamos em ir, mas fomos na segunda e não me arrependo, foi bem interessante. Se você não quiser ir lá, tudo bem, mas não deixe de ir no calçadão ao lado, há bares, restaurantes e heladerias deliciosas! Nos finais de semana há um feirinha ao redor que vale a pena dar uma olhada. No bairro você também encontra a Floraris Generica, que não tem nada de imperdível, mas fica em um lugar bem gostoso pra sentar na grama e aproveitar o fim de tarde.DSC01893
  5. Melhores Empanadas – Mesmo que você não se hospede no bairro, mesmo que você não queira ir nem no cemitério nem na Floraris, você tem que visitar a Recoleta para ir no Sanjuanino, você vai ver essa dica em todos os lugares do mundo, mas pode ficar tranquilo, não é pega turista, são ótimas, preço justo, ambiente típico.
  6. DSC01944

Mais: A vida noturna, a gastronomia, os mercador Chinos (que vendem de tudo, mil opções, inclusive de vinhos e são bem baratinhos) a segurança e o prazer de andar nas ruas lindas e limpas da Recoleta me fazem ter vontade de voltar pra lá infinitas vezes ❤

IMG-1032

 

Anúncios
Chile · Dicas · Passeio · Restaurantes · Viagem · Vinhos

Chile – Como alugar um carro, Viña Indómita e Viña del Mar

Acho que esse post vai ser muito útil, eu nunca tinha alugado um carro em outro país (nem aqui, aliás) e se você está neste mesmo barco, vou te ajudar!

Quando fizemos o roteiro da nossa viagem para o Chile, conhecer Viña del Mar e pelo menos uma vinícola do Vale Casablanca estava entre as prioridades. Há diversas maneiras de você fazer isso, agência de turismo, ônibus de viagem, mas optamos por alugar um carro pela liberdade de podermos fazer nossos horários tranquilamente.

DSC04495

Escolhemos a Chilean Rent A Car que fica em Providencia, bem perto do Patio Bellavista. Alugamos nosso carro no domingo de manhã, mas passamos na locadora um dia antes para reservar o carro, essa dica é fundamental, porque no final de semana em alta temporada pode apostar que vai estar cheio e se você não reservar antes, corre de não ter mais veículos disponíveis. Escolhemos a categoria mais básica e se essa também for sua escolha reserve MESMO, são os primeiros a serem alugados! Nosso carro era um  sedã da Renault, zero luxo porém confortável.

O processo em si é bem simples, há algumas regras:

  • Idade mínima 23 anos. São aceitos condutores com idade entre 20 e 22 anos, caso em que o valor da franquia do seguro (franquia) é dobrado.
    • Apresentar uma carteira de habilitação e carteira de identidade ou passaporte válidos . Você pode dirigir com uma licença nacional válida. Não é necessário ter uma licença internacional.
    •  Cartão de crédito: (MasterCard, Visa, Diners Club ou American Express) com limite equivalente ao valor do aluguel mais $ 350.000 pesos como garantia e validade por pelo menos 3 meses após a data do termo do aluguel
    • O pagamento do aluguel deve ser feito antes do início da locação.

* A garantia é uma dedução que é feita no cartão de crédito durante o prazo da locação. A garantia será cancelada quando o contrato for encerrado em nosso escritório. 

Essa garantia é tipo um cheque caução, mas só que pelo cartão de crédito, eles debitam esse valor ENORME, mas quando o carro é entregue ele é cancelado sem nenhum problema.

Voltando sobre o dia do aluguel, como a gente já tinha resolvido tudo no sábado, teoricamente no domingo era algo rápido TEORICAMENTE, porque estava lotado! Chegamos lá umas 10:30 e pegamos o carro mais ou menos meio dia. É um processo lento porque na hora de pegar o carro ele confere cada avaria e vai anotando.

Nossa ideia era pegar o carro domingo de manhã e devolver no final do dia, mas por conta desse atraso devolvemos somente na segunda-feira pela manhã, o que não é nenhum problema porque o aluguel vale por 24 horas.

DSC04369

Depois dessa maratona, partimos rumo a Viña del Mar, nossa primeira foi na Vinícola Indómita, ela fica mesma estrada e só é necessário pegar um retorno. Primeiro fizemos o tour e depois almoçamos. Eu já falei sobre a vinícola aqui, mas vale frisar que é um lugar maravilhoso, foi um dos visuais mais bonitos durante o almoço que tive na vida, os vinhos são ótimos!

DSC04372
Entrada da Indómita

De volta para estrada, nossa segunda para foi no Museu Fonck, que já estava fechado quando chegamos, mas valeu a pena mesmo assim, Moai original da Ilha de Páscoa fica fora do museu, foi algo bem rápido mas eu amei ter a oportunidade de ver de perto um dos poucos Moais que estão fora do seu país de origem.

DSC04428

De lá fomos para Viña, usamos o Relógio de Flores para nos localizar e depois de um tempo procurando uma vaga, fomos para em direção da praia. O tal do relógio é LOTADO, e não tem nada demais, uma foto e pronto! A praia é enorme, limpa e com a água ABSURDAMENTE GELADA. Molhamos os pés e ficamos um bom tempo sentados na areia admirando e descansado. Vale levar na mala uma canga e lanchinhos para aproveitar o tempo lá.

DSC04427

Como vocês já devem ter percebido, não passamos em Valparaíso dei uma pesquisada e li alguns relatos de furtos e achamos dispensável, mas isso foi a nossa escolha.

DSC04456

Alguns pontos

  • As estradas são ótimas, tranquilas e bem sinalizadas;
  • Se você não tiver comprado um chip para usar a internet/waze, na locadora de carros há opção de você também locar o GPS;
  • Leve trocados porque erramos um caminho e tinha um pedágio;
  • Como não esperávamos ficar com o carro durante a noite, então não programamos onde estacionaríamos o carro, aí foi um pouco difícil de achar um lugar, então recomendo ver isso antes do aluguel;
  • É um experiência incrível percorrer estradas de outro país com total liberdade e companhia de quem você ama ❤
Restaurantes · SP

Casa de Francisca – Um amor em SP

No post sobre São Paulo eu falei o quanto eu gosto da parte central da cidade, como meu pai trabalhava na região, no começo da faculdade eu ia bastante almoçar com ele e passeávamos bastante por lá. Quando vou na 25 de sábado gosto de descer na Sé e ir andando até lá.

IMG-6612

Por um acaso, eu sempre passei perto da Casa de Francisca, que fica na esquina da Rua Quintino Bocaiuva com a Rua Direita, a casa foi inaugurada em fevereiro de 2017, mas confesso que não sabia da sua existência, só quando meu marido foi almoçar lá em dezembro que conheci. Depois disso ele insistiu MUITO para irmos, mas confesso que não dei tanta atenção, mas um sábado coincidiu de uns amigos estarem lá e fomos encontrá-los.

IMG-6591

Se você for de carro, já aviso que você tem duas opções: pagar um estacionamento absurdo ou procurar uma vaga e estar disposto andar um pouco (ou muito), escolhemos a segunda alternativa e foi bem tranquilo.

Chegando lá, ao entrar no prédio já fiquei empolgada, é um lugar apaixonante! O imóvel foi  a primeira loja de instrumentos e partituras da cidade e ainda há um espaço para venda de instrumentos. O salão é em formato de L, tem uma pequena arquibancada, mesas que são bem disputadas e um palco. O show do sábado era uma delícia, super animado.

As janelas ficam abertas e você pode ficar em uma das varandas, eu fiquei apaixonada por estar em um lugar tão bonito, com uma boa música e estar exatamente no centro de SP.

IMG-6588

O cardápio é bem limitado e alguns pratos já tinham acabado na hora que conseguimos uma mesa, lá pras 14h. A carta de vinhos é ótima e tem boas opções. O sistema de atendimento é bem simples, você vai no caixa, faz  seu pedido, vai para o balcão e retira seu prato. No final paga tudo de uma vez.

43

Eu não pedi prato principal, e sim, duas entradas que estavam ótimas! O ceviche e o falafel, meu marido escolher o arroz de rabada e vi que o picadinho estava com uma cara ótima!

Vale lembrar que os pratos não são grandes e os preços são um pouco salgados. Também há cobrança de couvert, mas vale todos os reais gastos! Vale pelo ambiente, pela música, pela gastronomia, só acho que dá pra dispensar a sobremesa porque minha torta de limão era minúscula. O espaço fecha às 16h, eu achei uma pena porque lá é tão gostoso que passaríamos o dia todo. Queria voltar amanhã ❤

IMG-6589

Dica: Fomos no sábado, mas durante a semana há opções de menu por R$44 ou R$51 que valem muito a pena!

Restaurantes · SP

T.G.I Fridays uma boa opção!

Em um domingo chuvoso estávamos com ingressos para uma peça, com preguiça de cozinhar e sem ideia de onde almoçar, dei uma olhadinha no Peixe Urbano que sempre salva nessas horas.

IMG-5262

Uma da ofertas era do T.G.I Fridays, aquela mesma americana super famosa, nunca tinha ido e foi uma ótima oportunidade para conhecer. O valor do cupom era algo em torno de 60 reais com direito a dois pratos e dois refis, achei ótimo. Na oferta era inclusa 4 opções de pratos:

  • Blackened Chicken Alfredo Fridays – Sofisticado e cremoso fettuccine Alfredo, coberto com peito de frango ao estilo New Orleans (Cajun) , tomates frescos e cebolinha
  • Ribeye Steak – Delicie-se com um Ribeye Steak de 220g, o mais saboroso dos bifes com o mamoreio perfeito para uma textura macia. Perfeitamente temperadado e grelhado exatamente como você gosta, regado com manteiga Maison, servido com vegetais do chef e Garlic Mashed Potatoes
  • Pineapple Mojito Tilápia – Tilápia grelhada sobre o arroz pilaf. Servida com o Pineapple Mojito Pico de Gallo, brócolis ao vapor e um toque de limão
  • Chicken Fingers (4 Fingers) – Além de crocantes e dourados, os chicken fingers são macios e suculentos. Servidos com o molho Honey Mustard e fritas crocantes temperadas

4beebf07-a070-4cde-8d56-9f5c3194dda9

Pedimos as primeiras opções e não nos arrependemos! O prato vem bem servido e é muito gostoso. O atendimento também foi rápido e eficiente.

9f208c1a-35ac-420b-b8d7-f19caab8ab41

Apesar de ser um almoço tranquilo de domingo, fiquei com muita vontade de voltar no happy hour, eles tem boas promoções e um ambiente bem bonito! Pena que durante asemana o lugar não é de fácil acesso para mim, fica na Av. Cidade Jardim, 56 – Itaim Bibi.

IMG-5259

Mas sem dúvida quero voltar! Os hambúrgueres também me pareceram ótimos!

Restaurantes · SP · Vinhos

Kouzina – Parece caro mais cabe no bolso parte 2

Já falei aqui sobre um restaurante espanhol que parece sofisticado mas tem um ótimo custo benefício, desta vez vou falar de um grego que é nesta mesma linha.

Eu nunca fui para a Grécia (mas está nos sonhos e planos) mas imagino lá exatamente como é o Kouzina, branco, azul, janelas abertas, só faltou a vista maravilhosa. Desde a primeira vez que vi esse restaurante, que sempre está lotado, quis ir.

Ele fica localizado na Peixoto Gomide, 1710 pertinho da Oscar Freire, boa localização, visual bacana = a preços exorbitantes? Aqui não!

Chegamos às 13:30h do sábado e esperamos cerca de 40 minutos por uma mesa para quatro pessoas. O sistema de espera é super legal, você dá o número do seu celular e chega um SMS da posição de espera que você está, bom dá que para dar uma voltinha tranquilamente.

af87cb10-e33a-44a4-893e-ad36086e3658

O ambiente, é simples e bonito, peguei as imagens da internet porque estava tão interessada na comida que essa parte passou em branco hahahaha

2f5834c7-8290-4f7a-ab2c-b110bb9bcf6dO cardápio é bem enxuto e tá escrito em grego e os pratos não são tão bem descritos, a sorte que a moça que nos atendeu era um amor de pessoa, super eficiente e nos ajudou a escolher os pratos.

De entrada pedimos Lula Empanada, que é algo que eu até que gosto, mas é mais fácil ela estar mal preparada do que realmente boa e neste caso estava deliciosa, sequinha, crocante, bem temperada e o limão deu um toque especial.

da8b7ea5-14f8-4b5f-bae9-756774a21d33

Os pratos foram uma Moussaka para o meu marido, que vem bem servida e muito saborosa e pra mim foi um Souvlaki, que é um espeto de frango, com pão pita e uma salada de iogurte que era leve, bem temperado e muito, muito bom! Para beber pedimos uma jarra de Clericot que foi ótimo, porque o clima estava bem quente e foi bem refrescante.

735e7434-4d89-487e-9e08-8bf7ee4049ec

O preço das entradas ficam em média 30 reais e dos pratos entre 30 e 40 já as opções com cordeiro são mais caras. A jarra de Clericot foi 89, mesmo preço dos vinhos que também é servido em jarra e sem nenhuma frescura, são divididos por branco, rosé e tinto, sem especificar a uva ou vinícola. Os drinks saem em média por 25 reais e também tem sobremesas que estavam com uma cara ótima!

Por tudo isso, eu recomendo a visita de olhos fechados! Combina com um sábado de verão, um almoço com amigos, um date especial! O único ponto que eu achei ruim é que dá vontade de ficar lá a tarde toda, mas por ser cheio acabamos indo embora para desocupar a mesa.

Bares · Restaurantes · SP · ZL

Jordão Bar – Pela ZL

Depois de uma semana de folga e uma semana bem lenta, 2018 começou! E o post que inaugura esse ano é uma categoria clássica desse blog o Pela ZL. Por ser moradora de região e curiosa por lugares novos, percebi que falta divulgação e conteúdo sobre a Zona Leste pelos blogs mundo afora.

No primeiro sábado desse ano fomos conhecer um lugar que sempre tive curiosidade, o Jordão Bar, localizado na Rua Apucarana, 1452, ele chama atenção. Ele fica bem esquina, sempre cheio e repleto de carros importados, adiamos bastante a visita por puro preconceito de supor que os preços seriam abusivos, mas já adianto que não são.

IMG-4572

Se você quiser mesa na área externa é bom chegar cedo, às 13hrs pegamos uma das últimas mesas disponíveis do espaço, mas se você não faz questão, sem problemas porque a área interna é bem ampla.

IMG-4611

Como manda a tradição, almoço em SP de sábado é feijoada e a de lá custa 97 reais. No cardápio está escrito que serve duas pessoas, mas como eu reparei nas outras mesas, acredito que serve até 3 ou 4 pessoas. Sim, fomos do contra e pedimos outro prato, picanha com arroz de brócolis e farofa, o garçom foi bem sincero explicando que vinham dois bifes e só o arroz que era porção individual, o que pra gente não é problema, dividimos o prato tranquilamente. A comida é bem gostosa, confesso que morri de vontade da feijoada e irei voltar lá para provar!

O cardápio é bem completo e repleto de opções como porções, refeições e até sobremesas. Sobre as bebidas, o chopp Brahma na caldereta é perfeito, espuma cremosa, temperatura ideal e custa cerca de 8 reais. A caneca de chopp custa 14 e também vem boa. A caipirinha é um espetáculo à parte, pedi uma de uva, com  abacaxi  e hortelã, cerca de 26 reais.

O atendimento também é um dos pontos fortes do lugar, é ágil, simpático e eficiente! Foi uma uma ótima descoberta na região.

Casamento · Ilhabela · Restaurantes · Viagem · Vinhos

O melhor restaurante de Ilhabela – Viana

O AMO fazer listas de o melhor disso, o melhor daquilo, principalmente se envolver comidas hahahaha

Fiz um guia sobre Ilhabela e prometi que faria um post especial para o melhor restaurante da Ilha.

Já disse algumas vezes nesse blog que casei em Ilhabela, né? Mas nunca falei do lugar especificamente, então vamos lá. Ilhabela tem muitas muitas praias lindas e tem uma especialmente charmosa e bem pequena chamada Viana, o restaurante que leva o mesmo nome da praia fica lá.

2015-08-17 136
Essa foto tá tão bonita, mas é minha mesmo 🙂

Há um deck na areia e do outro lado da rua também fica o restaurante, que dá para jantar e tudo mais já que o da praia fecha cedo, mesmo em alta temporada. E qualquer pessoa que mora ou frequenta a Ilha que você comentar do Viana, o primeiro comentário será: “Nossa a comida de lá é maravilhosa” e é mesmo!

O Viana foi aberto há 50 anos e está na mesma família há 3 gerações. Cheguei até ele procurando lugares possíveis para fazer o casamento, não é uma prática comum do restaurante, mas ele abre raras exceções. Chegando lá pedimos a famosa Casquinha de Camarão, eu ainda estava na fase “será que eu realmente gosto de camarão?” e na primeira garfada eu tive certeza! Esqueça tudo que você já comeu de casquinhas na praia, a do Viana é imensuravelmente melhor!

O cardápio do nosso casamento foi uma coisa maravilhosa, todo mundo se esbaldou e até hoje é referência de comida boa em casamentos. No dia foi servido um risoto de polvo que é a comida favorita da vida do meu marido e o bobó de camarão ganhou meu coração! Quando estamos na Ilha é parada obrigatória. Vale saber que eles usam alimentos de pescadores locais, é tudo bem fresquinho. O atendimento é um ponto a mais, sempre atencioso e rápido.

IMG-0417 (1)

Sobre as bebidas há uma boa carta de vinhos, principalmente brancos e rosés, a cerveja é SEMPRE gelada e a caipirinha uma delícia! Não espere um valor baixo, é tudo de qualidade e o valor da conta acompanha tudo isso e vale muito a pena ❤