Bares · Buenos Aires · Dicas · Passeio · Restaurantes · Viagem

5 razões pra você se hospedar na Recoleta – Buenos Aires

Eu já escrevi aqui que uma das coisas mais importantes de uma viagem é escolher a região que você vai ficar. É conciliar as suas expectativas com o que o lugar pode te oferecer.

DSC01344

Em Buenos Aires há três regiões principais para hospedagem:

  • Palermo que é dividido em Hollywood, Soho e Chico, confesso que não conheço bem essa região, fomos uma vez e achei tudo moderno, bonito, o que não me atrai é por ficar longe do centro e dos pontos turísticos;
  • Puerto Madero que é uma parte apaixonante de BA, toda projetada pra você andar tranquilamente, fica pertinho do centro e o ponto negativo é que os hotéis nessa região são bem caros, mas dá para achar apartamento com preços justos no Airbnb;
  • Centro se sua viagem é curta, acho que a melhor opção é estar na parte central da cidade, dá pra usar transporte, dá pra chegar em diversos lugares a pé a única parte ruim é que durante a noite, como qualquer centro de uma cidade grande, as ruas ficam ermas e apesar de não acharmos perigoso, dá uma sensação de insegurança;

Recoleta ❤ ❤ ❤

Como eu já disse no título, vou te dar cinco razões para você se hospedar nessa região:

DSC01910

  1. Tranquilidade – Na primeira vez que estivemos na cidade, chegamos bem tarde, pegamos a chave do apartamento e resolvemos sair, isso quase duas da manhã. Levamos somente a chave e o cartão, de tanto medo que estávamos, ao sair encontramos diversas pessoas caminhando com cachorros, grupos de amigos conversando, restaurantes cheios. Fomos no pub Anglos Beer, que é pequeno ótimos petiscos e boas cervejas e fica aberto até às 3 da manhã. Ao voltamos para casa a rua continuava movimentada e isso aconteceu todas as noites que estivemos por lá.DSC01903
  2. Localização – Apesar de estar em uma região mais tranquila, a Recoleta fica bem perto do centro, coisa de 10 minutos andando, Palermo também é bem acessível e com disposição dá pra chegar até em San Telmo.
  3. Arquitetura – Ou a beleza dos prédios, muito gente acha Buenos Aires bem parecida com São Paulo, eu até concordo se a nossa cidade fosse tão bem cuidada quanto a dos hermanos. A arquitetura dos prédios é bem próxima do nosso centro velho, mas tudo bem conservado, é bem comum você está andando e parar para admirar.DSC01909
  4. Pontos Turísticos – Se você torce o nariz ao pensar em passear no cemitério da Recoleta, eu te entendo! Na primeira vez nem cogitamos em ir, mas fomos na segunda e não me arrependo, foi bem interessante. Se você não quiser ir lá, tudo bem, mas não deixe de ir no calçadão ao lado, há bares, restaurantes e heladerias deliciosas! Nos finais de semana há um feirinha ao redor que vale a pena dar uma olhada. No bairro você também encontra a Floraris Generica, que não tem nada de imperdível, mas fica em um lugar bem gostoso pra sentar na grama e aproveitar o fim de tarde.DSC01893
  5. Melhores Empanadas – Mesmo que você não se hospede no bairro, mesmo que você não queira ir nem no cemitério nem na Floraris, você tem que visitar a Recoleta para ir no Sanjuanino, você vai ver essa dica em todos os lugares do mundo, mas pode ficar tranquilo, não é pega turista, são ótimas, preço justo, ambiente típico.
  6. DSC01944

Mais: A vida noturna, a gastronomia, os mercador Chinos (que vendem de tudo, mil opções, inclusive de vinhos e são bem baratinhos) a segurança e o prazer de andar nas ruas lindas e limpas da Recoleta me fazem ter vontade de voltar pra lá infinitas vezes ❤

IMG-1032

 

Anúncios
Bares · Buenos Aires · Dicas · Viagem · Vinhos

Florería Atlántico tem que ir – Buenos Aires

Quem está sumida e quem está com saudades de Buenos Aires? Pois é, eu mesma!

Você sabia que o melhor bar da América do Sul fica em Buenos Aires? Mais especificamente na Calle Arroyo, no bairro Recoleta. O nome não é por acaso, o bar realmente fica em um floricultura, na verdade, no porão da loja de flores e vinhos.

IMG-0928 (1)

É bem estranho entrar lá e se deparar com uma porta grande e pesada, é só abrir e entrar, ao contrário do que pode parecer, ninguém vai te impedir de fazer isso.

IMG-0927Vale lembrar que é um dos lugares mais badalados da capital portenha, fomos em um sábado e estava cheio, mas com algumas mesas vazias, aí fui lá falar com a atendente, o som alto, eu e o meu espanhol capenga entendemos que se as pessoas não chegassem até tal horas poderíamos usar a mesa e foi mais ou menos isso que aconteceu hahaha

IMG-0944 (1)

Estávamos em quatro pessoas, sentamos felizes e pedimos uma porção de lagostins, um vinho branco maravilhoso e quando estávamos nos preparando para pedir mais coisas veio a atendente e disse, “Então, conforme a gente tinha combinado, agora vocês tem que sair da mesa porque ela tá reservada”, não entendemos é nada, mas levantamos tristemente, já que queríamos ficar mais, beber mais, comer muito mais!

IMG-0942

Eles fazem reserva apenas pelo telefone (+5411) 4313-6093, eu recomendo muito vocês reservarem porque o lugar é incrível, tem uma ótima carta de vinhos e drinks e boas opções de comida. Só o som que achei muito alto, mas deve ser porque eu tô ficando velha.

Buenos Aires · Livros · Viagem

El Ateneo – Buenos Aires

Como Buenos Aires é um destino relativamente próximo de nós brasileiros dá para fazer uma viagem mais curta, talvez por isso você se questione porque perderia seu tempo para visitar uma livraria, talvez esse post te convença a conhecer a El Ateneo Gran Splendid.

DSC01976

BA é a cidade com mais livrarias do mundo e é bem comum ver os hermanos acompanhados de livros em parques e praças. O que destaca essa livraria de outras é que ela fica dentro de um antigo teatro e manteve a cúpula e as varandas originais.

DSC01992

Construído em 1919 por Max Glücksmann, o teatro tinha capacidade para 500 pessoas e por lá passaram grandes celebridades do tango. A cúpula interior, que citei anteriormente e fotografei até cansar, foi pintada por Nazareno Orlandi e representa a paz do fim da 1ª Guerra Mundial. Em 2012 ela foi eleita a 2º livraria mais bonita do mundo!

DSC01967

Hoje, além de abrigar 120 mil livros, no espaço onde ficava o palco é possível tomar um (caro!) café.

DSC01982

A El Ateneo fica na Avenida Santa Fé, 1860, você provavelmente irá passar nessa avenida durante o seu passeio, talvez a porta nem te chame tanta atenção, mas espero que você perca uns minutinhos para admirar esse lugar tão especial.

Bares · Buenos Aires · Viagem

Buenos Aires – Um dos lugares mais bonitos para um bom drink

Eu sei que esse blog anda em um ritmo quase parando, mas pretendo mudar esse cenário nas próximas semanas, começando por um post de uma cidade que eu amo ❤

Hoje, Buenos Aires está longe de ser aquela cidade que os brasileiros iam com pouco dinheiro e compravam horrores, nossa moeda desvalorizou, a economia piorou e  atualmente os valores da capital portenha são equivalentes aos de São Paulo. Você já foi no terraço Itália só para tomar um drink? Eu não! hahaha e acho que o OAK Bar equivale a isso para os argentinos, um lugar caro e bonito.

DSC01766

Eu vi um post em algum lugar e quis conhecer, o Oak fica no hotel Palacio Duhau (Av. Alvear 1661), o acordo com o meu marido foi o seguinte, só um drink e a gente fica lá o máximo que pudermos hahahah

DSC01751

Quando chegamos ficamos bem travados, mas é só avisar que vai no bar que eles te explicam. Você passa por um corredor que é uma galeria de cair o queixo de tão linda. O bar é aconchegante, chiquéééérrimo! Eu pedi um cosmopolitan e meu marido um whisky, como de praxe em Buenos vem um amendoins para acompanhar. Ficamos na área interna por motivos de frio, mas o jardim é uma coisa de tão lindo!

DSC01741

Depois dos drinks, ficamos passeando por lá e tirando algumas fotos, como fomos na segunda-feira estava vem vazio, por isso fomos educadamente expulsos quando deu umas 23 horas. É caro? é caro, a carta de vinhos e drinks é boa e dizem que é cozinha é ótima. Vale a pena? Vale! Se eu fosse turista em SP com certeza o Terraço Itália estaria no meu roteiro.

DSC01756

Buenos Aires · Restaurantes · Viagem

La Cabrera – Buenos Aires

Se eu rica milionária fosse, pegaria todo um dia um avião para almoçar em Buenos Aires. Sim, sim, sim! Eu sou apaixonada pela gastronomia de lá, um misto de carnes ótimas, batatas fritas, chimichurri, pãozinho e doce de leite, como não amar?

DSC01790Vou fazer esse post com os olhos fechados e dor no coração porque as lombrigas dançam forte por aqui. O La Cabrera é um restaurante super conhecido de Palermo (tem no RJ também!) que você escolhe as carnes e os acompanhamentos são servidos à vontade. Há dois restaurantes na rua que leva o nome do lugar nos números, 5099 e 5127. A decoração é bem linda e ele é aconchegantes, o atendimento é bom como todos os lugares que fomos lá.

DSC01791Andamos muito da Recoleta até lá e quando vimos estava fechado, eu quase desmaiei antes do garçom indicar o outro local hahahaha sério, pensa em uma fome!

DSC01798Esse foi o único restaurante argentino que pedimos dois pratos, como eu já disse antes, dá pra dividir uma carne e um acompanhamento tranquilamente por lá. Mas eu já disse que estávamos com fome? Então, foi um Ojo de Bife (sério, melhor corte de carne, pedi em todos os lugares) e um Milanesa, também típico da terra dos hermanos. Antes disso pedimos empanas fritas, mas podem passar, não são tão boas.

Foi o almoço que quase não coube na mesa e quase nem coube na barriga, mas fizemos um esforço. Exageros à parte, a comida é maravilhosa, nem tem necessidade dos milhares de acompanhamentos e peça sempre um bom vinho para acompanhar.

Essa orgia gastronômica não ficou nada barato, aliás é um restaurante bem carinho, mas vale a experiência. Se vou voltar? Por mim estaria lá amanhã…

Buenos Aires · Passeio

Buenos Aires – Malba

Há quem diga que não tem muito o que fazer na cidade Argentina, eu discordo, mas caso você concorde irei te dar uma opção.

DSC01824

O Malba fica no bairro de Palermo e é um dos museus mais bonitos que eu já estive, ele é moderno, claro e bem organizado.

DSC01826

São cerca de 220 peças que compõe a exposição fixa, são artes latino-americanas do século 20, Cândido Portinari, Diego Rivera, e Frida Kahlo com seu famoso auto-retrato. Dentre os artistas brasileiros se destaca Tarsila do Amaral e sua obra Abapuru, é muito emocionante ver uma obra brasileira tão icônica assim de pertinho. Além dela, há obras de arte de Hélio Oiticica, Wanda Pimentel, Antônio Dias, Nelson Leirner, Lygia Clark e outros artistas brasileños.

DSC01854

Há também as exposições especiais, quando estivemos por lá era da Yoko Ono que inclusive já passou por São Paulo, se um dia você se deparar com essa mostra eu recomendo a visita, ela é delicada e ao mesmo tempo profunda.

A entrada custa 100 pesos e vale muito a pena!

Buenos Aires · Restaurantes · Sem categoria · Viagem

Melhores empanadas de Buenos Aires

Qualquer pessoa que vai para Buenos Aires vai indicar o Sanjuanino (Posadas 1515) para comer empanadas, eu sempre desconfio quanto muita gente indica, então fomos com um pé atrás.

DSC01927

O lugar é bem antigo, cheio, mas mesmo assim aconchegante, sabe? O cardápio é bem extenso, mas é melhor focar no carro chefe da casa, se tiver em dúvida dos sabores eu posso te falar que a de queso com cebolla é incrível assim com a carne picante!

DSC01943

Peça até enjoar e não querer ver mais empanada na sua vida, porque depois vai dar saudade!

Ah, é super baratinho e também há opções de vinhos bem em conta ( o da casa vem em uma jarra de pinguim, não é ótimo mas vale a experiência)