Dicas · Restaurantes · SP · Vinhos

Vinho no Boteco – Rubi Wine Bar

O Vinho no Boteco é um festival novo que acontece em restaurantes do dia 03 ao dia 13 agosto, a proposta é que os vinhos sejam vendidos a preço de importadora – em garrafa ou taça. Legal, né?

IMG-1863

Aproveitando a ocasião fui conhecer o Rubi Wine Bar (Alameda Jaú, 1595, Jardins), assim que entrei no lugar pensei, “por que nunca vim antes?” Ele é bem decorado, tudo na temática do vinho, mas sem cair no brega, e bem romântico.

IMG-1858

A carta de vinhos não é tão extensa, mas há boas opções. Pedimos um argentino La Linda, um bom malbec que está no festival por R$63,70. O cardápio é ótimo, tem diversos tipos de entradas e pratos, achei os valores bem ok.

Nós pedimos uma panelinha de alheira, que é um embutido frito e delicioso, harmonizou bem com o vinho escolhido.

IMG-1867

No site do Festival há a lista dos restaurantes e vinhos participantes com os valores das garrafas, eu achei uma ótima iniciativa, bons vinhos e bons preços para acompanhar esses dias frios em São Paulo.

Dicas · Livros · Sem categoria

Dica de Livro: Ninfeias Negras

Eu sou formada em Comunicação Social – Jornalismo e a matéria que eu mais amei foi história da arte (sei lá eu porque fazia parte da grade, maaaaas…) enfim, o que isso tem a ver com o livro do Michel Bussi, publicado pela Editora Arqueiro? T.U.D.O

A história se passa em Giverny, a cidade de Monet, um lugar que desde que vi o primeiro quadro dele na vida eu quis conhecer.  É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista.

130169891SZ

Cada personagem é um enigma à parte,  principalmente as protagonistas. Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.

E eu só posso falar que eu fiquei de queixo caído no final! Primeiro confusa e achando que o autor queria me engambelar porque nada daquilo fazia sentido e depois chocada como a história foi tão bem amarrada que não sobram pontas soltas.

O livro é extremamente detalhista, foca bastante no mundo da arte e das duas uma, quem não conhece muito do tema vai terminar o livro expert ou odiando. Eu fiquei ainda mais apaixonada e encantada pelo assunto,  esse é um dos melhores livros que li neste ano.

 

Dicas · Maquiagem

Três boas bases para pele oleosa

Maquiagem é algo que gosto e que faz parte do meu dia dia, não levo nem 5 minutos para fazer uma make básica com base, corretivo, pó, blush e arrumar as sobrancelhas.

Como minha pela é oleosa, assim como de quase todos brasileiros, decidi dar a minha opinião sobre três produtos que comprei e usei.

IMG_1451

Timewise – Mary Kay – R$64,00

Essa é a base mais cara que usei ultimamente, não que ela seja “MEU DEUS QUE CARA!” mas pra usar todo dia é acima da média. Ela é bem seca, mas não craquela a pele, sabe? A durabilidade dela é a melhor das três, vale investir para alguma festa ou evento que você quer chegar e sair bem. Sobre a cobertura, é média para alta, a cor que uso é a Beige 4. Vale o investimento!

Vult Matte – R$32,00

Comprei essa base meio no escuro, nunca tinha usado nada para pele da Vult, mas tinha visto boas resenhas dela, fui em um quiosque e achei a textura muito boa, é a melhor das três, a pele fica com um aspecto aveludado, bem sequinha, porém, infelizmente a cobertura dela é baixa. Nas olheiras sempre faço duas camadas e mesmo assim não cobre bem, acho que por isso acabo usando muito produto, logo não vale a pena. A cor, que eu acho que mais de adéqua a minha pele das três é a Bege 02. Não voltaria a comprar essa base, mas tentaria outra da Vult, como a HD.

Ruby Rose Matte – R$10,00

Comprei esse produto porque todo mundo tinha e eu sou todo mundo hahaha! Paguei 14 reais mas no site da marca está por 10. Acho a base ideal para o dia dia a cobertura dela é bem alta, por isso é necessário usar apenas uma gotinha da base, ela é bem seca, tanto que só uso pó compacto onde passo corretivo, no resto do rosto não tem necessidade. Mas como nada é perfeito, no calor ela transfere muito, praticamente derrete do rosto, para quem mora em regiões mais quentes do país, isso é realmente um problema, outro ponto é que e em fotos ela “estoura” sabe? Quando bate o flash a pele fica mais clara do que está pessoalmente, então para festas não recomendo. No geral ela é a melhor base com custo benefício que usei nos últimos tempos. Uso a cor L2, mas estou com dificuldades de achar =\

IMG_1453

Dicas · Restaurantes · SP · Viagem

Campos do Jordão em menos de 24 horas

DSC03000

Apesar de ser perto de São Paulo, eu nunca tinha visitado Campos, aproveitei o mês de março para dar uma pesquisada no preço das diárias. Vale um dica, fora do inverno os hotéis tem preços super acessíveis e mesmo assim é possível pegar um clima bem gelado.

Hotel

Pelo Booking reservamos um quarto no Hotel Golden Park, ele não é localizado no centro de Capivari, e sim na entrada da cidade uns 8 quilômetros dos restaurantes e do comércio. Isso pode ser um ponte negativo, mas a vista e a tranquilidade do hotel faz valer a pena a distância.

DSC02903
Vista do quarto

Os quartos são bem novos, quentes (com dois aquecedores) e aconchegantes. O chuveiro também é bem gostoso, o café da manhã é simples mas gostoso. Pagamos cerca de 160 reais na diária, vale muito a pena!

DSC02929
Hotel Golden Park

Pontos Turísticos

Acredito que todos conheçam o teleférico que leva até o Morro do Elefante, certo? Mas também é bem tranquilo subir de carro e apreciar a vista. Lá em cima é um pouco abandonado, não há muitas opções do que fazer, há o Museu do Elefante que é bem tosco e rende algumas risadas. Mas é realmente bonito ver uma cidade tão linda lá do alto, então não deixem de ir.

DSC02945

Como tivemos pouquíssimo tempo na cidade, chegamos às 18 horas e fomos embora após o almoço do domingo, não fizemos muita coisa, mas o centro da cidade é um belo passeio e no caminho para casa vale a parada na Vista Chinesa, é é perto da entrada da cidade tranquilo de parar e tem uma paisagem a perder de vista.

DSC03028
Vista Chinesa

Restaurantes

Eu nunca imaginei que em março iríamos pegar 8 graus! Saímos de São Paulo com 25 e chegamos lá com 14, estão preparem-se a temperatura é realmente muito mais baixa do que aqui, e para combinar com esse clima nada melhor que um fondue, né?

Antes paramos na famosa Baden Baden, que é bem cheia e bem mais cara do que eu esperava, tomamos apenas uma cerveja e foi legal, mas para comer e continuar bebendo não compensa.

Ali perto fica o Cantinho da Serra que não é nada badalado mas tinha visto boas resenhas sobre ele. É um restaurante simples, super aconchegante com diversos aquecedores (importante isso) ótimo atendimento. O fondue de queijo era maravilhoso e veio acompanhado por pães, batata noisette e brócolis, e você pode repetir, não sei se porque era fora de temporada, mas pedimos outro fondue, mais acompanhamentos e não foram cobrados adicionais. O valor de 99 reais (acho!) também incluía o de chocolate, que estava igualmente delicioso, também com diversas frutas para acompanhar. Também há boas opções de vinho, resumindo foi um dos melhores lugares que já comi (qualidade e quantidade) e um conta super justa! Recomendo de olhos fechados!

Para fechar, almoçamos o Pastel do Maluf depois da esbórnia na noite anterior nem estávamos com muita fome, mas o pastel da para dividir tranquilamente. Ele não é barato, cerca de 25 reais, mas vale tudo isso mesmo.

DSC02993

Resumindo, Campos é uma cidade linda, linda mesmo, não só o centro, apesar de cara, vale o passeio, a estrada tem pontos lindos, o clima é agradável e bem romântica, Quero voltar outras vezes.

 

Dicas · Livros

Três livros surpreendentes

Amo ler, sou apaixonada por romances, literaturas e ultimamente comecei a me interessar pelo gênero policial e suspenses.

Tive ótimas descobertas nessas categorias, sabe quando acontece uma reviravolta na história que te deixa sem fôlego? Vou dividir com vocês três livros que me surpreenderam:

Deixei você ir

Deixei você ir é o livro mais recente que eu li e que foi lançado a pouco tempo pela Intrínseca. Toda história se desenvolve a partir do atropelamento do Jacob, um menino de 5 anos que acaba morrendo na tragédia enquanto o motorista foge sem prestar socorro. Sem nenhum tipo de spoiler, mas uma das histórias que se passa no ano após o acidente não é do personagem que parece ser. O livro que é parado no começo, tem uma reviravolta na metade e continua de forma angustiante e surpreendente. Eu não amei o desfecho, mas vale muito a leitura.

livro

Uni-Duni-Tê também é um livro recente e é o típico livro policial, digo policial dos bons! Há uma série de sequestros duplos, sempre um sobrevive e o outro morre, não há outra opção. O livro me prendeu do começo ao fim, é muito triste quando você desvenda a história na metade né? Isso felizmente não acontece neste livro! Os detalhes são descritos com perfeição, eu senti um misto de raiva, dó e ódio, é um ótimo livro.

As-Gêmeas-do-Gelo

As Gêmeas do Gelo é um livro que indico de olhos fechados para todos que pedem uma sugestão. Apesar dessa capa feia, é um livro totalmente surpreendente! A sinopse é a seguinte.”Um ano depois de Lydia, uma das filhas gêmeas idênticas, morrer em um acidente, Angus e Sarah Moorcroft se mudam para a pequena ilha escocesa que Angus herdou da avó, na esperança de conseguirem juntar os pedaços de suas vidas destroçadas. Mas quando sua filha sobrevivente, Kirstie, afirma que eles estão confundindo a sua identidade — que ela é, na verdade, Lydia o mundo deles desaba mais uma vez”. O livro vai MUITO além desse pequeno resumo, ele é perturbador e enigmático e há umas fotos que te ajudam a “compor” a imaginação.

Espero que gostem das sugestões 🙂

Casamento · Dicas

Decoração DIY – Mini Wedding na Praia

Continuando a saga sobre o casamento, a decoração é um dos assuntos que demandam mais tempo e dinheiro, né? Qualquer decor no litoral de SP é ainda muito mais cara. Por isso optamos por contratar a decoração apenas para a cerimônia e para as mesas colocamos a mão na massa (cola, barbante, cola quente).

Antes de investir em qualquer material, selecionei referências até decidirmos o que fazer. A ideia principal sempre foi garrafas, então fui para a 25 comprar barbante, cola branca e sisal. Estava sem ideia da cartela de cores, primeiro porque achei que só existia barbante de uma cor no mundo #ingênua, não lembro a loja, mas foi na própria rua 25 um lugar especializado em linhas vi um turbilhão de cores e um azul turquesa me chamou a atenção, na mesma loja comprei sisal e outro lugar comprei dois arranjos artificiais.

Primeiro teste:

2BBD4DCF-4A4E-45DE-A4B7-7B46F6A05C9A

Bem mal feito ! A garrafa menor foi o nosso convite, mostro no próximo post.

Pegamos o jeito e é super simples de fazer, só amarrar o barbante no comecinho da garrafa, ir passando cola branca e enrolando bem justo. Usamos diversos tipos de garrafas de cerveja e as maiores foram de vinho, nas feitas com sisal é o mesmo processo, só que com cola quente.

No final ficou assim:G&L-154

As maiores no centro de cada conjunto de mesa e as azuis (ainda sem as flores nessa foto) a cada duas mesas, o vasinho com flores de papel rosa, que minha tia fez, intercalaram as duas.

G&L-504

Sim, as flores foram artificiais!  Cotei as naturais e ficaria o preço de um rim, então voltamos na 25 e compramos essa, super bem feita cerca de 6 reais cada uma, e ficou bem lúdico e colorido. As flores da garrafa maior foram dois arranjos de espeta nariz, mais baratinhos ainda!

G&L-501

O caixotinho comprei em lojas de MDF, cerca de 5 reais cada e coloquei em todas as garrafas azuis, nem pintei deixei natural mesmo. A decoração ficou linda e também virou lembrança, já que todos que quiseram puderam levar para casa. No total chutando BEM alto gastamos no máximo 200 reais. Foram usadas 15 garrafas de cerveja, 5 de vinho, um rolo de barbante que não chegou nem perto do fim, uma cola que também não acabou, dois rolos de sisal e um tubo de cola quente. Para complemento foram 15 arranjos rosa de EVA e mesmo número de mini caixotes além de 10 arranjos de espeta nariz.G&L-496E ver tudo pronto e mais lindo do que você imagina, não tem preço! Também dá saudade de preparar tudo para o grande dia.

Casamento · Dicas

Eu comprei meu vestido de noiva na China – Milanoo

Maio mês das noivas, né? Decidi fazer uma série de posts contando do meu mini (mini) wedding.

Vamos começar pelo vestido?

G&L-32

Casamos em Ilhabela, final de tarde comecinho da noite, o plano A seria a cerimônia na areia (isso fica pra outro post) queria algo leve e sem cara de vestido bolo de noiva.

G&L-38

Eu sou compradora assídua do Aliexpress, porém ele nunca foi uma opção para eu comprar o vestido, acho que infelizmente em algumas coisas a qualidade ainda é meio duvidável, por isso decidi pela Milanoo. Já tinha visto vestidos reais dele e já tinha indicado o site para uma amiga que fui madrinha, como chegou tudo rápido e perfeito, foi o primeiro e único site que olhei.

Na parte de Casamento do site, os vestidos são mais elaborados, bordados e consequentemente mais caros. Acabei achando o meu na parte de vestidos de festa neste linkG&L-340

Sobre a medida, que é a parte mais difícil, vou confessar pra vocês, aqui em casa só tinha uma trena aquelas de construção e medi a cintura com ela e pedi com base nisso. Foi o tamanho 6, uso 38 e ainda sim tive que ajustar a cintura e o comprimento.

G&L-429

O pagamento foi por boleto e demorou cerca de uma mês e meio para chegar, fui taxada em cerca de cem reais, mas como o dólar estava mais barato na época acredito que ao todo tenha pego cerca de 300 reais.

A qualidade é maravilhosa, é forrado, estruturado, tem bojo e atendeu perfeitamente ao que eu queria.

Não é fácil segurar a ansiedade e eu nem cheguei a provar ou procurar outro vestido, mas não me arrependo e recomendo muitíssimo!