Dicas · Maquiagem

Um pouco de história e um corretivo da Tracta

Há muitos anos eu tive um blog de beleza com mais duas amigas. Na época eu era a doida das maquiagens e dos esmaltes, não podia ver um lançamento e corria para comprar e postar. Mas aí as vacas magras vieram e era caro manter um blog 100% com coisas que compramos, por isso ele acabou.

Depois disso eu sempre quis ter um blog novo, mas não fazia ideia do tema central, cada fase da minha vida eu tive uma vontade, escrever sobre reforma, sobre casamento, sobre carreira, decoração e gastronomia. Um coisa que se manteve todos esses anos é que eu sempre amei conhecer lugares novos e acabava fazendo mil resenhas no Tripadvisor um dia meu marido falou, e por que não fazer isso em um blog?

E esse blog virou um espaço de dicas de viagem, restaurantes, passeios e até mesmo maquiagem, por que não?

Quando comecei a me maquiar, depois que entrei na faculdade com uns 18, 19 anos, antes eu só passava umas bases ruins pra esconder as espinhas, muito blush e batom sempre, rímel só quando pegava da minha mãe hahaha.

O boom dos blogs contribuiu para conhecer as opiniões reais de produtos que gente gostaria de comprar. A resenha do corretivo líquido da Tracta eu li nos primórdios dos blogs, comprei por 17 reais e ele realmente ainda é um dos melhores corretivos do mercado brasileiro, a última vez que comprei ele estava por 35 reais na Renner.

IMG-4153

Quando acabou me último potinho fui em uma perfumaria e a menina me falou, “Ah, tem essa versão matte por 15 reais, você quer?” OPA ME VÊ 10? hahhahahaha mentira, comprei um e pensei: isso não vai dar certo, vai marcar as linhas, acumular, vai ser um horror!

Mas não, essa versão é ainda melhor! Cobre tão bem quanto a versão original, não pesa e fica perfeito. A durabilidade na pele também melhorou, porque na primeira versão era necessário passar pó por cima para assentar o corretivo, na versão matte não é necessário. Eu uso a cor clara e ela não estoura no flash. Melhor custo benefício da vida esse corretivo líquido matte da Tracta ❤

Anúncios
Chile · Passeio · Viagem

Cerro Santa Lucía

Eu falei no post sobre o Airbnb em Santiago que estávamos pertinho do Cerro Santa Lucía, né? (não é Lúcia, é Lucía) O problema de estar tão perto é que negligenciamos um pouco ele, eu explico.

IMG-2499

Primeiro, o que é um cerro? Mesmo lá nós olhávamos para aquela montanha no meio da cidade e não entendíamos muito bem a finalidade dela. Curiosamente ele é uma “sobra” de um vulcão de 15 milhões de anos (!). Situado bem na região central da cidade, o Cerro Santa Lucía é como se fosse um parque, com arquitetura bem diferenciada e apaixonante, os 70 metros de escadas e rampas e são recompensadas com uma visão panorâmica de 360 graus da capital do Chile.

IMG-2630

Mas o melhor é que não é apenas uma linda paisagem, o caminho até o mirante mais alto é composto por bosques, monumentos, mirantes e jardins. A capela, que infelizmente fica fechada, e as escadas são atrações à parte.

IMG-2503

Para visitar o parque de 65.300 m², é necessário apresentar um documento de identidade na entrada, por questão de segurança. Há dois caminhos principais para subir, um mais íngreme, outro mais suave. Ao longo da subida, você se encantará por cada pedacinho desse parque.

IMG-2569

Enfim, quem consegue chegar ao mirante tem uma visão privilegiada da cidade. Com sorte, a vista não será prejudicada pela poluição. Com um pouco mais de sorte, o cume das montanhas dos Andes vai estar coberto de gelo. Mas, em todo caso, o caminho até lá já vai ter valido a pena.

IMG-2529

No começo eu contei que negligenciamos um pouco o Cerro, né? Porque da primeira vez fomos para lá quase no horário que estava fechando, que no inverno é mais cedo, e nem levamos a câmera, só o celular (e eu odeio tirar fotos só com o celular) e fomos convidados a nos retirar cerca de meia hora depois (mal deu pra subir tudo), mas fomos no último dia para compensar essa ida corrida e quase desinteressada primeira vez.

IMG-2610

Buenos Aires · Restaurantes · Viagem

La Cabrera – Buenos Aires

Se eu rica milionária fosse, pegaria todo um dia um avião para almoçar em Buenos Aires. Sim, sim, sim! Eu sou apaixonada pela gastronomia de lá, um misto de carnes ótimas, batatas fritas, chimichurri, pãozinho e doce de leite, como não amar?

DSC01790Vou fazer esse post com os olhos fechados e dor no coração porque as lombrigas dançam forte por aqui. O La Cabrera é um restaurante super conhecido de Palermo (tem no RJ também!) que você escolhe as carnes e os acompanhamentos são servidos à vontade. Há dois restaurantes na rua que leva o nome do lugar nos números, 5099 e 5127. A decoração é bem linda e ele é aconchegantes, o atendimento é bom como todos os lugares que fomos lá.

DSC01791Andamos muito da Recoleta até lá e quando vimos estava fechado, eu quase desmaiei antes do garçom indicar o outro local hahahaha sério, pensa em uma fome!

DSC01798Esse foi o único restaurante argentino que pedimos dois pratos, como eu já disse antes, dá pra dividir uma carne e um acompanhamento tranquilamente por lá. Mas eu já disse que estávamos com fome? Então, foi um Ojo de Bife (sério, melhor corte de carne, pedi em todos os lugares) e um Milanesa, também típico da terra dos hermanos. Antes disso pedimos empanas fritas, mas podem passar, não são tão boas.

Foi o almoço que quase não coube na mesa e quase nem coube na barriga, mas fizemos um esforço. Exageros à parte, a comida é maravilhosa, nem tem necessidade dos milhares de acompanhamentos e peça sempre um bom vinho para acompanhar.

Essa orgia gastronômica não ficou nada barato, aliás é um restaurante bem carinho, mas vale a experiência. Se vou voltar? Por mim estaria lá amanhã…

Dicas · SP

Aproveitando o calor em SP

Eu já fui uma pessoa que amava shopping, hoje passo longe sempre que possível, ainda mais em dias de sol. Em dias assim eu prefiro estar na praia, mas nem sempre é possível, né?

IMG-3768O dia que fomos no Cabana ficamos passeando pela Oscar Freire e tava um calor bem gostoso e queríamos beber algo refrescante e de preferência em um lugar aberto. Eu nunca tinha ido no Empório Frutaria que fica no 433 da rua, ele é bonito, arejado e como nem só de comidas saudáveis e sucos detox vive o homem, tem algumas (poucas) opções alcoólicas no cardápio e escolhemos uma Clericot. O atendimento é muito bom, os preços são um pouco salgados, mas achei ok pagar cerca de 60 reais por uma jarra grande. Ele é bem feito, cheio de frutas e muito gostoso, recomendo de olhos fechados.

IMG-3765O calor ainda não passou e você quer uma opção de sorveteria que não seja o Bacio de Latte? A Le Botteghe di Leonardo é uma opção maravilhosa. Achei os sorvetes saborosos, mas zero artificiais ou enjoativos. Eu pedi um sabor que amei, que é Kibana, kiwi com banana, e gente? É muito diferente e muito gostoso! Meu outro sabor foi leite e do meu marido foi morango e coco. Todos maravilhosos e com preço médio dessas sorveterias caras hahahaha

IMG-3767

Cervejas · Dicas · Restaurantes · SP

Melhores lugares para comemorar aniversário – SP

Hoje é meu dia, que dia mais feliiiiz! hahahaha

Eu AMO fazer aniversário, mas até uns anos não tinha o costume de comemorar, apenas com a família um bolinho em casa e nada de mais.

Mas isso mudou e todo ano eu marco alguma coisa com meus amigos e é muito legal. Se você quer fazer isso também, mas está meio sem ideia de lugar para a comemoração vamos lá que eu te ajudo. (Só achei fotos dos lugares lotados, mas só ficam assim bem tarde, não é a hora que prefiro marcar, foi só pra ilustrar mesmo!)

Uma dica de ouro? Não importa onde você vai fazer, mas que tenha comanda individual PELOAMORDEDEUS! Sério, vai dar rolo na hora de dividir, se alguém for antes vai ser difícil acertar o valor, então vamos facilitar nossa festa?

o-malley-s

O’ Malley’s Alameda Itu, 1529, campeão de festa lá de casa, eu e meu marido já fizemos nossos aniversários lá algumas vezes, mas tenho grandes ressalvas. Tem coisas maravilhosas como: é fácil de chegar fica próximo do metrô o que ajuda quem vai direto do trabalho, os chopes são bons e com preço justo, o ambiente é bacana, comidinhas ótimas e baratas e sempre ficamos no andar de cima. Vale ressaltar que sempre marco meu aniversário de sexta-feira ou véspera de feriado, então começa no horário de happy hour e lá só cobra entrada depois das 22h. Antes desse horário é tranquilo ficar lá, música boa, cheio ok, mas depois das 22h vira um inferno! Cheio, música alta demais e o atendimento que já não é bom fica ainda pior. E o único benefício para aniversariante é não pagar a entrada com um acompanhante, de resto nem uma mesinha reservam! É bom, mas até às 22h!

mh_interna_destaque_baresucl103

Jet Lag Pub R. da Consolação, 3032, fica um quarteirão pra baixo do O’ Malley’s e apesar de ter pub no nome ele tá longe de ser um. Ele é claro, moderno e sem grandes variações de chopes típicos de pub. Isso é ruim? Não, não é! Mas se você quer um ambiente assim, pode fugir. Eu gosto de lá, eles reservam duas mesas de apoio pra aniversariante e tem mil benefícios: 8 convidados: 1 bolo, 15 convidados: 1 bolo + 1 big Cocktail, 20 convidados: 1 bolo + 1 big Cocktail + 1 Camistea Personalizada. Legal, né? Fora que de sexta tem chope double e alguns dias tem até open de cerveja só cobram entrada após às 23h, menos de quarta que rola o open. Ele é mais caro que O’ Malley’s, o lugar não é tão grande, mas fora isso, perfeito!

st-johns-irish-pub

St. Jonh’s Rua Itapura, 1308 nunca fiz meu aniversário lá porque gosto de fazer na sexta e quase nenhum dos meus amigos ia chegar na ZL a tempo de me dar um abraço, mas eu amo amo amo esse pub. O atendimento é ótimo, chopp ótimo, tem double de sexta até às 22h, reservam mesa, tem vip pra aniversariante, só cobram entrada após às 22h, tudo  lindo! Pena que não tem fácil acesso ao metrô, isso dificulta.

Se você pensa que eu sou gótica suave que só comemora em pub saiba que você está certíssimo! Mas se você quer um sambinha e feijoada no sábado eu tenho duas boas opções:

Seu Domingos R. Fidalga, 209, reserva mesa, dá cervejas de saidera, tem um samba bem gostoso sem cobrar o couvert artístico. A cerveja e a feijoada são caras, mas acho que por não cobrarem entrada, acaba compensando!

patriarca-2-ok

Boteco São Paulo Av. Pompéia, 2089, tenho uma amiga do coração que comemora o aniversário lá há mil anos. Ele não é tão conhecido e nem fica em um lugar super badalado, mas vale conhecer! Reservam mesa, o atendimento é bom, o samba também é bom e a comida é MARAVILHOSA! Sério mesmo, dá gosto de ir lá comer, a coxinha é divina e a feijoada também! Cobra couvert, mas não é nada absurdo.

Hoje eu vou comemorar em algum deles, depois eu conto como foi 🙂

Chile · Passeio · Viagem

Eu não recomendo você visitar Cajon del Maipo – Embalse El Yeso

Eu vou explicar meus pontos, principalmente os negativos porque os positivos vocês vão ver nas fotos.

O post mais visto do blog é esse aqui que conta uma experiência frustrada em uma ilha paradisíaca do Caribe, o passeio para Cajon del Maipo é completamente o oposto, neve frio, mas os perrengues podem estar em qualquer lugar, não é mesmo?

DSC03711

A nossa viagem foi Agosto, inverno e alta temporada, perfeito para visitar um dos pontos turísticos mais bonitos do Chile. Comecei a pesquisa dos preços das agências de turismo (vocês já sabem que eu sou a favor de fazer as coisas 100% por conta própria, mas nesse caso não tinha jeito, tinha neve, estrada complicada e caminho longo e desconhecido) e SURPRESA a maioria das agências chilenas não faz esse passeio no inverno. Fiquei sem entender porque vi milhares de fotos por aí, todas com neve, todas no inverno e como essas pessoas chegaram lá?

Eu já tinha desistido do passeio, mas alguns amigos nossos tinha o contato de um guia que foi bem elogiado, simpático e querido (se quiserem o contato dele eu passo) aceitamos o valor, ele nos pegou no horário combinado no nosso apartamento e lá fomos nós. A viagem é longa, passa por lugares lindos, talvez um dos mais lindos que você verá na vida. Ao chegar lá, ainda bem cedo e relativamente vazio, nosso guia foi bem claro que ia  nos deixar  longe porque quanto mais perto chegasse com a van mais perigoso era pra gente e para as outras pessoas. Como assim?

DSC03818

É necessário andar alguns quilômetros por um caminho estreito e sinuoso, que rodeia o Embalse e que está completamente coberto de neve, o que é maravilhoso para quem não conhece a neve ainda, mas o caminho em si, é bem perigoso para quem não tem experiência e nem o equipamento técnico adequado. Eu estava de botas de neve e escorreguei algumas vezes, mas comparando com a volta a ida foi uma paraíso.

Chegando lá é realmente uma paisagem de cair o queixo. O Embalse não é uma represa  natural, ele levou cerca de 10 anos para ser construído com a intenção de abastecer com água potável os habitantes da região metropolitana de Santiago. A água é super clara e mesmo com o dia bem nublado deu pra ver o quanto ela é bonita. Recomendo vocês andarem até o final do caminho, é a vista mais bonita de lá.

DSC03754

Lembra que eu falei que chegamos cedo? Então, quando começamos ir embora o tempo começou a esquentar e começou chegar muita, muita gente. O caminho estava lotado de carros e pessoas, com o gelo derretendo. Ninguém parecia do perigo que era andar por caminhos estreitos e escorregadios.

Não sei se vocês conseguem entender a dimensão, porque eu não entendia, mas você anda à beira de um precipício, literalmente. Muitas pessoas caiam, escorregavam, eu pedi as contas de quantas vezes quase caí, e mais uma vez, estava de bota de neve, com meu marido e o guia me dando apoio. E pra piorar sabe os carros que tinham estacionados no caminho? Eles estavam saindo ou subindo e DERRAPANDO no meio de centenas de pessoas. Isso mesmo, muitas das vans de turismo nem com correntes nos pneus estavam. Pra piorar vimos diversas avalanches, nenhuma preocupante, mas vai que?

A volta demorou mais ou menos uma hora de puro escorregões e tensão. Se você tem crianças, mobilidade reduzida, apenas não vá. Sério, quanto vale se arriscar por uma foto bonita? E Olha, pode pesquisar na internet, dos relatos ruins o meu foi o mais tranquilo.

Tenho vontade de voltar no Embalse no verão, com o sol batendo na água e sem nenhum tipo de risco.

Restaurantes · SP

Taco Tuesday

Começo da semana é sofrido, né? Mas terça-feira pode ser um ótimo dia para sair da rotina.

Aqui em São Paulo está acontecendo o Taco Tuesday em 15 restaurantes que oferecem tacos e margaritas em dobro. O problema é quando você já tem um restaurante mexicano do coração (que também participa desse evento!) fica difícil conhecer outros.

IMG-3824

Eu com toda minha persuasão e insistência, convenci meu marido para irmos conhecer a Taquería La Sabrosa, R. Augusta, 1.474. Passamos por ela um zilhão de vezes e nunca tivemos muita vontade de provar, mas eu li que são dos mesmos donos do Obá, que conhecemos em uma Restaurant Week e gostamos muito! Argumentos prontos, dia de Taco Tuesday.

IMG-3827

O ambiente é bem bonito e informal, perfeito para refeições rápidas. Não tem segredo, você escolhe o sabor que quer e paga o valor do mais caro. Eu amei minha escolha que foi o número 9 composto por frango, guacamole e frijoles. Meu marido não gostou do pedido dele (nem eu!) que era de carne, acredito que o número 10 e era bem seco. Se você for MORRENDO de fome, vai continuar, porque eles não são grandes. É mais um lanche leve e gostoso.

IMG-3831

Sobre as margaritas, não é um drink que eu amo, mas, mas, mas tava bem gostoso!

Foram 39 reais por dois tacos e duas margaritas, o que achei bem justo! A lista com os outros restaurantes você encontra aqui e vai até o dia 20 dezembro!